quarta-feira, 6 de junho de 2007

Feira do Relogio





















Ola boa tarde em fim de dia.

Em primeiro lugar quero pedir desculpas a quem mais tarde irei referir mas nao é de modo nenhum uma afronta a esses povos!!!!!!!!!!!!!

A cada Domingo que passa e vem religiosamente marcado nosso calendario este cenário é uma prova de que somos um povo a deriva sem eira nem beira, estas fotos forão tiradas em fim de feira, quando já por ali só fica a POLICIA, que esperam a chegada dos obreiros dedicados à limpeza, que deixam para tras mais um Domingo desacabado e nunca começado para eles em busca do seu magro salário vêm de lares deixados a meio de coisa nenhuma e de tanta coisa para viver, os restos deixados por anonimos e feirantes em debandada que lixo não é coisa que lucro deia.
Um cenário próprio de um seculo vivido lá longe , nao quero acreditar que um terceiro mundo destas imagens possam dar a um Pais dito civilizado, com pessoas civilizadas, enfim uma democracia verdadeira em toda a sua grandeza com que foi neste Pais criada à muito tempo, tempo esse que já esquece aqueles que nunca se ande lembrar do que aconteceu num dia distante, mas tão perto daqueles que querem continuar acreditar que ela um dia será um hino à vontade e desejo de todos, e nunca mais será necessário que magros salarios deixam os lares inacabados em busca de quase nada.

9 comentários:

Bichodeconta disse...

Pertinente o assunro em questão, parabéns pela abordagem... Hoje ao sair de casa deparei-me com uma cena não muito diferente embora de dimensão mais reduzida.. Digamos que á dimensão do lugar.. Ele eram garrafas e garrafões vazios, pac de batata frita, embalagens de sumos e tudo o mais que se possa imaginar.. De referir para quem não sabe que a escassos metros de distancia existe uma Ilha ecológica.. Mas Vá-se lá saber porque ? as pessoas preferem espalhar assim o lixo.. Como farão nas suas casas ? É uma questão que muiras vezes me coloco !!Depos , há a campanhas de sensibilização , porque os raios ultravioletas são nocivos cada vez mais, porque o cancro de pele é cada vez mais uma realidade assustadoura..porque a camada de ozono está cada vez mais desprotegida e apróxima-se a médio prazo uma catástrofe que não pode deixar ninguém indiferente... Que tal acabar com esta vergonha, com este desmazelo, e lutar para que o mundo se torne cada vez mais habitável? Fica o desafio...Um abraço do tamanho do mundo. O mundo que queremos melhor e mais justo.. Mais cheio de amor.. e onde seja apetecível e possível viver...

Bichodeconta disse...

Assunto....

Túlio Hostílio disse...

parabéns por esta chamada de atenção, mas é um cenário recorrente em todas as feiras de pequenas ou grande dimensão...e tudo isto tem graves implicações ao nível ambiental....

marazul disse...

ola boa tarde:
>Sim um problema das feiras?????????
talvez nao, um problema sim dos homens porque nao fazer estes mercados a ceu aberto em locais vedados e aonde fosse possivel todo este lixo ser devidamente reciclado???????
porque nao fazer com que as pessoas recolhessem o lixo em vez de o atirar logo no chão pondo deste forma em causa toda a estrutura da propria feira??????
são realmente assuntos que poderiam ter uma resposta da Administração central mais dura para com estes actos de proprio vandalismo????
Para não falar da quantidade agua que em cada Domingo é gasta a lavar todo aquele espaço.
Vamos pensar que o que se recebe no acto nao sera inferior ao que se gasta semanalmente, e mesmo que deixe lucro será um acto digno para se continuar a praticar Domingo a´pos Domingo?????
vamos pensar e deixar de lado interesses mais alto que não seja o lucro imediato.
e pensar no amanha mas pensa-lo ontem já é urgente mudar atitudes e comportamentos que vão degradande o PLANETA.
Com mais calma irei dar uma leitura ao bloog tulio

MGomes disse...

Obrigado pela visita, amiga da geração de 54, e também dos gostos musicais.
Passarei concerteza, mais vezes por aqui, tanto que a minha cidade é bem perto da sua, Santarém.
BFDS

turbolenta disse...

Depois de os feirantes levantarem a tralha toda, o chão fica repleto de porcaria: caixas, plásticos, papéis, garrafas e latas vazias, cordéis,etc etc. etc...
Este +e o triste cenário que podemos ver, todos os dias, por este país fora,
Em Portugal ainda há o velho hábito: não presta! atira para o chão.
Isto é uma questão de educação, de princípios.
Vai-se na estrada e leva-se em cima do carro com a garrafa da água que alguém do carro da frente deitou janela fora.
Isto é falta de civilização! Parecemos um país do 3º mundo!
E então o arraial pós-feira mais parece que estamos no Biafra ou noutro como ele.
Mas isto acontece porque não há leis que o proíbam.Que os obriguem a deixar o espaço limpo como o encontraram à chegada.
Porque não há multas! Porque é terra de ninguém, onde cada um faz o que quer e é o salve-se quem puder...
Uma vergonha!
boa semana

Bichodeconta disse...

Vá lá marazul vamos ganhar animo, aproveitar esse potencial de capacidade.. Sempre que escreves é a alma que dita o que no papel vai ficando.. Estou á espera da tia inspiração.. Um abraço..em cada gesto ou palavra quero encontrar-te...

Fungaga disse...

Este tipo de situaçoes nao é um exclusivo da feira do relógio, isto acontece em todas as feiras que conheço...Talvez a Camara Municipal deveria de disponibilizar por cada feirante/banca um pequeno contentor do lixo, nao acredito que funcione com campanhas de sensibilização para não depositarem o lixo no meio da via...

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,