segunda-feira, 11 de dezembro de 2006

poema



O teu amor
é o canto da sereia
que me encanta , me alucina.
É sol quente que calcina,
és montanha, mar, areia.

És tudo o que procurei
e por isso, amor, te digo
que teu corpo, teu abraço,
tua boca, teu regaço,
é tudo o que sinto falta
Sempre que não estou contigo

Este poema que escrevo
com carinho, com amor
serve apenas para dizer
que te amo, podes crer!
preciso do teu amor!!! ell O teu amor
é o canto da sereia
que me encanta , me alucina.
É sol quente que calcina,
és montanha, mar, areia.

És tudo o que procurei
e por isso, amor, te digo
que teu corpo, teu abraço,
tua boca, teu regaço,
é tudo o que sinto falta
Sempre que não estou contigo

Este poema que escrevo
com carinho, com amor
serve apenas para dizer
que te amo, podes crer!
preciso do teu amor!!! ell